Skip to Content

Conflito entre sem-terras e “brasiguaios” reacende no Paraguai

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

O ministro do Interior acredita que é “difícil” o presidente Fernando Lugo avançar em leis para uma “ampla reforma agrária” há menos de um ano das eleições presidenciais.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’29” / 347 Kb) - O conflito entre sem-terras paraguaios e fazendeiros brasileiros reacende na região de fronteira. A disputa reiniciou em meados de janeiro, quando aumentaram o número de ocupações de terras no Paraguai. Os camponeses questionam a propriedade das áreas pelos colonos brasileiros. O ministro do Interior do Paraguai, Carlos Filizzola, declarou esta semana que os proprietários rurais que tiverem títulos “ilegais” perderão as terras, independente da nacionalidade.

Os processos de veracidade e legalidade das posses serão julgados pelo Poder Judiciário paraguaio.

Um dos locais de maior conflito é no departamento de Alto Paraná, onde o brasileiro naturalizado paraguaio Tranquilo Favero, apelidado pela imprensa local de “rei da soja” possui propriedades. O Paraguai é hoje o quarto maior exportador de soja do mundo, porém esta não é a atividade que mais gera empregos diretos à população, declarou o ministro.

De acordo com Filizzola, a distribuição de terra é um dos grandes problemas do país. Atualmente, o Paraguai possui 6,4 milhões habitantes, sendo 35% pobres; e 80% das terras estão concentradas em 2% da população.

Ainda que o problema seja grave, o ministro do Interior acredita que é “difícil” o presidente Fernando Lugo avançar em leis para uma “ampla reforma agrária” há menos de um ano das eleições presidenciais.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

*Com informações da BBC Brasil.

13/02/12