Skip to Content

Candidatura de Lugo à Presidência causa polêmica

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Está sob análise de juristas a possibilidade de Lugo disputar as eleições para presidente ou senador. A imprensa paraguaia que apoiou o golpe, realizado por partidos e forças de direita no final de junho, define que há uma crise dentro da Frente Guasú.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’51” / 433 Kb) - A incerteza no cenário político e eleitoral marca o Paraguai no pós-golpe de Estado. O presidente deposto Fernando Lugo defende que “em política, tudo é possível”, e não descarta sua candidatura tanto à Presidência quanto ao Senado nas próximas eleições, previstas para abril de 2013.

Em viagem ao Brasil neste mês de agosto, Lugo concedeu entrevista à imprensa brasileira na qual afirmou que dentro da Frente Guasú – organização que reúne 12 partidos e 8 movimentos sociais, da qual ele faz parte -, seu futuro político vem sendo discutido.

“Creio que esta esquerda paraguaia nunca esteve em um melhor momento. Mas, às vezes, quando se trata precisamente de questões eleitorais e de candidaturas, é mais difícil o consenso”.

Está sob análise de juristas a possibilidade de Lugo disputar as eleições para presidente ou senador. Isso, porque a Constituição paraguaia não permite uma nova eleição a seus ex-presidentes após cinco anos de mandato, pois estes se tornam automaticamente senadores vitalícios. No entanto, o presidente deposto não se enquadra neste perfil.

Outro forte candidato à Presidência dentro da Frente Guasú é o jornalista Mario Ferreiro, que é apoiado por nove partidos (G9). Em torno da candidatura de Fernando Lugo estão dez organizações políticas (G10), este bloco é liderado pelo Partido Tekojoja, que possui um senador.

A imprensa paraguaia que apoiou o golpe, realizado por partidos e forças de direita no final de junho, define que há uma crise dentro da Frente Guasú. A decisão sobre as candidaturas de esquerda para a próxima eleição no Paraguai está prevista ainda para o mês de agosto.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

09/08/12