Skip to Content

Denúncias crescem e mulheres vítimas de violência não têm pleno atendimento

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11154 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

De janeiro a junho de 2012, foram 390 mil registros no Ligue 180, um aumento de 13%. Maria Amélia Teles, da União de Mulheres de São Paulo, avalia que isso pode ocorrer devido à dificuldade de implementação da Lei Maria da Penha.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’54” / 449 Kb) - Para combater a violência contra a mulher, o governo federal tem em funcionamento o Ligue 180. Este é um serviço telefônico da Secretaria de Políticas para as Mulheres destinado a receber denúncias e repassar informações sobre os direitos das mulheres. Desde sua criação, em 2005, até o primeiro semestre deste ano, ocorreram mais de 2,7 milhões atendimentos.

Somente de janeiro a junho de 2012, foram quase 390 mil ligações, um número 13% maior que o mesmo período do ano anterior. A média diária foi de 2.150 registros e a média mensal de aproximadamente 65 mil atendimentos. A integrante da União de Mulheres de São Paulo, Maria Amélia Teles, avalia esse crescimento.

“Pode ser um maior interesse das mulheres em buscar informações. Mas, também, pode ser a ausência de serviços e de implementação de políticas que vão dar um atendimento adequado. A dificuldade de implementação da Lei Maria da Penha.”

Maria Amélia enumera uma série de serviços necessários para o pleno atendimento das mulheres. Entre eles, estão as delegacias, as defensorias públicas e os hospitais.

“Além disso, é necessário ter garantida essa rede social de apoio, ter casas de atendimento com equipe multidisciplinar – assistente social, psicóloga, advogada – e ter as casas abrigo, onde no caso de risco iminente de vida as mulheres possam ficar abrigadas e protegidas, junto com seus filhos.”

Do total de atendimento do Ligue 180 no primeiro semestre deste ano, 56% se referem à violência física e 27% psicológica. Dos casos da violência doméstica contra a mulher, em 70% o agressor é o companheiro ou marido da vítima.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

15/10/12