Skip to Content

Levante Popular da Juventude faz ato contra TV Bahia e ACM Neto

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11175 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Os jovens denunciam a ligação da família Magalhães, proprietária da Rede Bahia, à ditadura civil-militar. Além disso, o Levante acusa o grupo de manipular as pesquisas de opinião do 2º turno das eleições de Salvador.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’47” / 417 Kb) - O movimento Levante Popular da Juventude realizou na manhã da última terça-feira (23) um protesto em frente à Rede Bahia de Televisão, afiliada da Rede Globo em Salvador (BA). Cerca de 200 jovens participaram do ato, que iniciou como uma marcha pelas ruas da cidade. Eles denunciam a ligação da família Magalhães, proprietária deste grupo de mídia baiano, à ditadura civil-militar, como conta o integrante do Levante, Hugo dos Santos.

“Nós fomos à sede mostrar e denunciar o quanto a família Magalhães está associada à ditadura militar. E o quanto o seu herdeiro ACM Neto também tem ligação direta, pois ele participa da Rede Bahia com mais de R$ 10 milhões, que é declarado no Tribunal Regional Eleitoral.”

Os jovens apontam que o falecido Antônio Carlos Magalhães (ACM) foi um dos articuladores do golpe militar de 1964 e, três anos depois, se tornou prefeito de Salvador pelo partido ARENA, que era base de apoio da ditadura. A história da TV Bahia foi construída a partir das ligações políticas dos Magalhães.

Além disso, os jovens do Levante acusaram a TV Bahia de manipular as pesquisas de opinião sobre o segundo turno das eleições municipais de Salvador, em que Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM) enfrenta Nelson Pelegrino (PT), como conta Hugo.

“Então, a gente foi denunciar também essa manipulação da TV Bahia com o Ibope para beneficiar ACM Neto. Mas, nós fomos lá também para dizer que em nenhum momento ele pode se beneficiar por ter uma televisão aqui em Salvador e sete no estado todo.”

A Rede Bahia detém 114 emissoras de rádio e sete de televisão aberta, e é considerada um dos maiores conglomerados de mídia do nordeste do Brasil.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

24/10/12