Skip to Content

Escolas do Distrito Federal terão aulas sobre direitos das mulheres

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11193 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

A iniciativa é inédita no país, como apontou o Conselho de Educação do DF, órgão que aprovou a resolução. O Distrito Federal lidera o ranking nacional de chamadas para o Ligue 180, da Central de Atendimento à Mulher do governo federal.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’16” / 298 Kb) - As escolas públicas e particulares do Distrito Federal terão aulas sobre os direitos das mulheres a partir de 2013. O preconceito e a violência de gênero também serão abordados durante as classes. A iniciativa é inédita no país, como apontou o Conselho de Educação do DF, órgão que aprovou a resolução publicada neste mês de outubro.

Até o fim deste ano, professores e professoras da rede pública de ensino passam por capacitação sobre o tema. A proposta é que disciplinas como português, sociologia e história tratem da questão da mulher em sua grade de conteúdos.

O Distrito Federal lidera o ranking nacional de chamadas para o Ligue 180, da Central de Atendimento à Mulher do governo federal. Foram cerca de 625 ligações para cada grupo de 100 mil mulheres, somente no primeiro semestre deste ano.

Em declaração ao Portal Brasil, o presidente do Conselho de Educação, Nilton Alves Ferreira, avalia que o fato do DF liderar o número de denúncias e dúvidas do Ligue 180 pesou para a decisão de tornar obrigatório o ensino dos direitos das mulheres nas escolas. Para ele, “a criança, o adolescente, ao aprender na escola a respeitar a mulher, quando se tornar um adulto não irá agredi-la”.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

29/10/12