Skip to Content

Relatório aponta Brasil como fonte e destino de tráfico humano

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Em geral, a exploração é disfarçada como trabalho legal e contratual. Porém, ocorre em condições degradantes. Estudo também aponta a exploração sexual como responsável por 27% dos casos

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’39” / 389 Kb) - O Brasil é apontado como um dos países fonte de vítimas de tráfico humano. Na mesma lista ainda estão Bulgária, China, Índia e Nigéria. O dado faz parte do relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM), que ainda aponta o Brasil como um dos destinos das vítimas.

De acordo com o documento, metade dos casos de tráfico humano registrados durante o ano de 2011 estava relacionada à exploração de mão-de-obra. Nessa situação estão envolvidos, principalmente, setores econômicos que exigem trabalho manual, como agricultura, construção, trabalho doméstico, pesca e mineração.

Em geral, a exploração é disfarçada como trabalho legal e contratual. Porém, ocorre em condições degradantes e sem respeitar os acordos feitos com os trabalhadores.

Entre os principais países de destino do tráfico humano estão a Federação Russa, o Haiti, o Iêmen, a Tailândia e o Cazaquistão. Na Europa, Portugal, Alemanha, Itália e Espanha também são pontos de destino, que recebem um número significativo de migrantes do Cone Sul.

O estudo também relata a exploração sexual como responsável por 27% dos casos. Em outubro, um diagnóstico divulgado pelo Ministério da Justiça e pela ONU apontou que quase 500 pessoas foram vítimas do tráfico humano no Brasil entre 2005 e 2011. Do total, mais de 70% dos casos estão ligados à exploração sexual.

De São Paulo, da Radioagência NP, Daniele Silveira.

07/01/13