Skip to Content

ONU quer que Israel suspenda novos assentamentos em áreas palestinas

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Secretário-Geral pediu novamente ao governo israelense que abandone a ideia de construção novas casas. A área que Israel pretende construir 3 mil casas é conhecida como E-1, fica no leste de Jerusalém.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’26” / 337 Kb) - As Nações Unidas querem que Israel suspenda os planos para o assentamento de colonos judeus no leste de Jerusalém. O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu novamente ao governo israelense que desista da construção de 3 mil novas residências na região chamada E-1.

Ban alertou que os protestos contra os assentamentos, assim como a resposta de Israel a eles, devem ser feitos de forma pacífica. O Secretário-Geral disse, em comunicado, que a construção pode separar completamente o leste de Jerusalém da Cisjordânia. Segundo ele, o plano de assentamento vai representar um "golpe quase fatal" às chances de criação de dois Estados independentes, como solução para o conflito israelense-palestino.

Ban afirmou que, pela lei internacional, "os assentamentos israelenses na Cisjordânia são ilegais." O Secretário-Geral fez ainda um apelo para que todos os envolvidos no conflito façam um esforço maior para criar as condições que levem à retomada das negociações de paz. Assim como, para proteger o futuro do processo de paz, que, segundo ele, está em perigo.

Ban ressaltou, no entanto, que as últimas manifestações dos palestinos contra os assentamentos na área E-1, como, também, a retirada dos manifestantes pelos soldados israelenses foram, em sua maioria, sem violência. O porta voz do Secretário-Geral afirmou que Ban salientou a importância dos protestos continuarem pacíficos e pelo direito das manifestações serem totalmente respeitadas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

15/01/13