Skip to Content

Mais de 2,7 mil pessoas foram libertadas do trabalho escravo em 2012

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11339 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Segundo a CPT, as atividades nas lavouras e canaviais lideram o número de casos, com 526 trabalhadores resgatados. Depois vêm os setores de produção de carvão vegetal usado em siderurgia e desmatamento.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’29” / 349 Kb) - O Brasil registrou 189 casos de trabalho escravo em 2012, com a libertação de 2.723 pessoas. A quantidade de trabalhadores resgatados é 11% maior em relação a 2011. As atividades nas lavouras e canaviais registraram mais casos, com 646 libertados em 36 ocorrências. Os dados são da Campanha Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Combate ao Trabalho Escravo, divulgados na última terça-feira (15).

De acordo com a CPT, 526 trabalhadores resgatados, 19% do total, estavam na produção de carvão vegetal usado em siderurgia. Outros 500 foram encontrados na pecuária. Além de 181 pessoas resgatadas atuando no desmatamento de florestas.

O estado que registrou maior quantidade de casos é o Pará, com 50 ocorrências envolvendo 1.244 trabalhadores e 519 libertados. A região Norte concentra metade do número total de trabalhadores envolvidos em situação semelhante à escravidão e 39% dos resgatados.

Sobre a incidência de trabalho escravo em atividades não agrícolas foram 25 casos em 2012, sendo 16 apenas na construção civil.

A CPT avalia que “houve resgate de trabalhadores em 20 estados, o que demonstra que essa prática criminosa persiste de norte a sul do nosso país”.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

17/01/13