Skip to Content

Correa é reeleito presidente do Equador e celebra vitória latino-americana

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

O equatoriano disse que sua vitória não é pessoal, mas parte de um projeto maior da América Latina. Entre as felicitações pela reeleição está a do líder do MST do Brasil, João Pedro Stedile.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’41” / 395 Kb) - A eleição presidencial do Equador, realizada no último domingo (17), termina com larga vitória de Rafael Correa. Pesquisa do Conselho Nacional Eleitoral indica que o atual presidente foi reeleito com mais de 56% dos votos. O segundo colocado, Guillermo Lasso, teve 24% dos votos e admitiu publicamente a derrota.

Após a divulgação do resultado prévio das eleições, Correa declarou à imprensa que a sua conquista é dedicada ao presidente venezuelano Hugo Chávez, que se encontra em tratamento contra um câncer. Também afirmou que assim como outros presidentes latino-americanos sua vitória não é pessoal, mas parte de um projeto maior.

“Estaremos onde sejamos mais úteis para nossas pátrias pequenas - Equador, Venezuela, Bolívia, Nicarágua, Cuba – e para a pátria grande. Estaremos onde poderemos servir melhor aos nossos concidadãos e a nossos irmãos latino-americanos”.

Entre as felicitações pela reeleição recebidas pelo presidente está a do líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do Brasil, João Pedro Stedile. Em nota, ele afirma que a vitória de Correa “é a vitória do povo do Equador”. Acrescenta que “esperamos que esse respaldo popular  altere a correlação de forças e que lhe dê condições de aprofundar ainda mais as transformações que vocês chamam de revolução cidadã”.

Correa foi eleito pela primeira vez em 2006. O novo mandato é de quatro anos à frente do país sul-americano. Como vice-presidente está Jorge Glas, do Movimento Aliança País, de Correa. No mesmo pleito foram eleitos 137 parlamentares da Assembleia Legislativa e cinco representantes do Parlamento Andino.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

18/02/13