Skip to Content

Apesar do aumento de mulheres metalúrgicas, salário continua menor

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11460 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

O número de mulheres no setor de metalurgia dobrou nos últimos onze anos, chegou a 445 mil em 2012. Porém, Entre 2010 e 2011, a remuneração média das mulheres era 27,9% menor que a dos homens.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’25” / 331 Kb) - O número de mulheres no setor de metalurgia dobrou nos últimos onze anos. A participação feminina representava cerca de 197 mil trabalhadoras em 2002 e chegou a 445 mil em 2012, um crescimento de 26,6%. A informação é de um estudo inédito da Subseção do Dieese da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT.

Apesar disso, há ainda uma grande diferença entre o que é pago aos homens e às mulheres no ramo metalúrgico. Entre 2010 e 2011 (último dado disponível), a remuneração média das mulheres era 27,9% menor que a dos homens.

O levantamento do Dieese mostra ainda que, entre as mulheres metalúrgicas, 15,48% concluíram o ensino superior. Já entre os homens da categoria, o percentual é de 9,27%.

Apesar das desigualdades apontadas pelo estudo, a secretária da Mulher da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, Marli Melo, entende que as mulheres têm ampliado seus espaços de participação na sociedade.

O estudo foi feito a partir de dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) e do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), ambos do Ministério do Trabalho e Emprego.

De São Paulo, para a Radioagência NP, José Francisco Neto.

12/03/13

Comentários

Fabulous and thoroughly

Fabulous and thoroughly captivating, This blog is a top of the line work.dodge durango car cover