Skip to Content

Revolução dos Cravos é comemorada com críticas à política de austeridade

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Fazem parte dos descontentes alguns “Capitães de Abril”, protagonistas da revolução de 1974. O dia 25 de abril ficou marcado pela revolução que libertou Portugal da ditadura fascista iniciada por Salazar.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(2’10” / 509 Kb) - Em meio à recessão econômica, portugueses relembram o aniversário da Revolução dos Cravos com protestos às medidas de austeridade. A redução de gastos públicos e o rigor fiscal são criticados pela oposição de esquerda, sindicatos e movimentos civis. Fazem parte dos descontentes alguns “Capitães de Abril”, protagonistas da revolução de 1974.

A política de austeridade do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, provocou um aumento no desemprego, que supera 17%, além de cortes de salários, aposentadorias, subsídios e serviços públicos.

Entre as críticas levantadas pela Agência Efe, está a do presidente da associação e um dos Capitães de Abril, Vasco Lourenço. Ele, que integrou o Conselho da Revolução e o Conselho de Estado, acredita que o legado da Revolução, que pôs fim a quatro décadas de ditadura, "está sendo destruído agora".revolucaodoscravos

O dia 25 de abril de 1974 ficou marcado na história pela revolução que libertou Portugal da ditadura fascista iniciada por Antonio de Oliveira Salazar (1933-1974). O nome de Revolução dos Cravos foi consagrado pela história de uma florista que teria entregue um cravo a um soldado, que o colocou no cano de sua espingarda.

Uma das músicas marcantes desse movimento é "Grândola, Vila Morena". Ela foi transmitida através do rádio como sinal para dar início à revolução. Quase 40 anos depois, a canção vem sendo entoada nos últimos meses em protestos contra as políticas de austeridade do Estado português.

Acompanhe um trecho da música “Grândola, Vila Morena”, composta e cantada por José Afonso:

Grândola, vila morena

Terra da fraternidade

O povo é quem mais ordena

Dentro de ti, ó cidade

...

Dentro de ti, ó cidade

O povo é quem mais ordena

Terra da fraternidade

Grândola, vila morena

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

25/04/13

Foto: Wikipedia