Skip to Content

Indígenas ocupam Belo Monte contra obras no Xingu, Tapajós e Teles Pires

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11598 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Ao menos seis mil operários, segundo estimativas do movimento, ficarão sem trabalhar em função do protesto. Indígenas reivindicam consulta prévia e suspensão de obras nos rios Xingu, Tapajós e Teles Pires

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

belomontecimi(1’28” / 344 Kb) - Cerca de 200 indígenas, pescadores e ribeirinhos atingidos pela construção de hidrelétricas ocuparam nesta quinta-feira (2) o principal canteiro de obras da Usina de Belo Monte, no município de Vitória do Xingu (PA). Eles reivindicam a regulamentação da consulta prévia e a suspensão imediata de todas as obras e estudos relacionados às barragens nos rios Xingu, Tapajós e Teles Pires.

Ao menos seis mil operários, segundo estimativas do movimento, ficarão sem trabalhar em função do protesto. De acordo com os indígenas, a ocupação se manterá até que o governo federal atenda às suas reivindicações.

Ainda no Pará, na divisa com o Mato Grosso, o povo Munduruku e comunidades tradicionais estão mobilizados contra o Complexo Hidrelétrico do Tapajós, que envolve um conjunto de usinas e barragens.

Durante o último mês de abril, cerca de 250 soldados da Força Nacional e da Marinha foram deslocados para a região. A presença militar foi solicitada pelo Ministério de Minas e Energia.

Nos canteiros de Belo Monte, as mobilizações de trabalhadores também são cada vez mais comuns. No último dia 5 de abril, cinco mil operários do canteiro de obras Pimental paralisaram as atividades por conta das condições de trabalho e da demissão de 80 funcionários.

De São Paulo, da Radioagência NP, Jorge Américo.

02/05/13

Foto: Cimi

Comentários

talktomcalisters.comThank you

talktomcalisters.comThank you for your work on the blog! You're doing a good job!