Skip to Content

Um dos "Cinco Cubanos" presos nos EUA pode cumprir condicional em seu país

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

René González ficou 13 anos preso nos Estados Unidos e agora cumpre liberdade condicional em Cuba. Em solo cubano, ele renunciou à cidadania estadunidense e pode permanecer em seu país.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

renegonzalez(1’31’/ 360 Kb) - Um dos cinco cubanos condenados nos Estados Unidos por espionagem pode cumprir em Cuba sua liberdade condicional. René González permaneceu 13 anos preso em território norte-americano, após um julgamento que é questionado pelo governo cubano por falhas e motivações políticas.

No último dia 22 de abril, René recebeu uma autorização para voltar a Cuba e acompanhar o velório de seu pai. Em solo cubano, ele renunciou à cidadania estadunidense e pode permanecer em seu país. A decisão foi emitida na última sexta-feira (3), pela juíza Joan A. Lenard, em Miami.

Em abril do ano passado, René já havia viajado à ilha com outra permissão judicial, para visitar um irmão que estava em estado terminal. O agente está em liberdade condicional desde outubro de 2011.

Pesa sobre René González a acusação de fornecer informação sobre as atividades de grupos anticastritas de Miami a outro agente, Gerardo Hernández. Este, por sua vez, transmitia os dados ao governo cubano.

René e Gerardo foram detidos em 1998 nos Estados Unidos, junto a Ramón Labaniño, Fernando González e Antonio Guerrero.

"Os Cinco Heróis", como são conhecidos em Cuba, admitiram que eram agentes do Estado cubano, mas que não espionavam o governo estadunidense e sim "grupos terroristas de exilados que conspiravam" contra Fidel Castro.

René González tem 56 anos, é casado e tem duas filhas.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

06/05/13

*Com informações do Opera Mundi.

Foto: Cubadebate