Skip to Content

Professores da rede estadual de São Paulo suspenderam greve

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11623 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.

Houve confronto entre a PM e um grupo de professores que não concordou com a suspensão da paralisação. O sindicato da categoria afirma que negociações com o governo estadual já avançaram.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

grevesp-marcelocamargo-agenciabrasil(1’31” / 357 Kb) - Os professores da rede estadual de ensino de São Paulo decidiram, na última sexta-feira (10), suspender a greve iniciada no dia 19 de abril. A suspensão foi decidida em assembleia da categoria na avenida Paulista. As aulas devem ser retomadas nesta segunda-feira (13).

Segundo a Apeoesp (sindicato estadual dos professores), após negociação, o governo se comprometeu em atender algumas reivindicações da categoria. Outra reunião será realizada nesta semana.

Mais de 2 mil pessoas participaram da assembleia. De acordo com a Apeoesp, 60% dos professores votaram pelo fim da greve. Após a assembleia, um grupo que não concordou com a decisão cercou o carro de som onde estava a diretoria do sindicato. A Polícia Militar interveio e houve confronto com os manifestantes.

Em nota, a Apeoesp declara que, discordando da decisão, “grupos minoritários (PSTU e PCO), [...] passaram a realizar um grande tumulto, arremessando objetos e agredindo pessoas”.

Já o PSTU, em seu site, alega que “mesmo com 70% dos professores tendo votado pela continuidade do movimento” o sindicato declarou o fim da greve, e que isso “gerou muita indignação dos professores”.

A categoria reivindica reajuste imediato de 13,5%; reposição salarial de 36,74%; cumprimento da lei do piso – no mínimo 33% da jornada para atividades de formação e preparação de aulas –; escola de tempo integral; melhores condições de trabalho, entre outras.

De São Paulo, da Radioagência NP, com informações do Brasil de Fato, Vivian Fernandes.

13/05/13

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil