Skip to Content

Novo choque de trens na Argentina deixa mortos e centenas de feridos

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Acidente em Buenos Aires aconteceu na mesma linha férrea onde morreram 51 pessoas há um ano e quatro meses. Na ocasião, governo e oposição trocaram acusações sobre as más condições de operação dos trens.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

trem-arg(1’46” / 416 Kb) - Um acidente entre dois trens deixou ao menos três mortos e mais de cem pessoas feridas nesta quinta-feira (13), na Argentina. A colisão ocorreu na linha de Sarmiento, na cidade de Castelar - região metropolitana de Buenos Aires. O acidente aconteceu pouco depois das 7h, quando um dos trens, que estava vazio, foi atingido por trás por outro vagão com passageiros.

Quatro horas após o acidente, as autoridades concluíram a operação de resgate com dezenas de profissionais e voluntários, que levaram os feridos a hospitais da região. Segundo membros da equipe médica entrevistados pela imprensa local, a maioria dos feridos apresenta fraturas e contusões.

A linha de Sarmiento é a mesma onde, há pouco mais de um ano, na estação Onze, ocorreu um acidente que deixou 51 mortos e 600 feridos. Na ocasião, governo e oposição trocaram acusações sobre as más condições de operação dos trens.

Os opositores acusam Cristina Kirchner de proteger um sistema de corrupção que tira recursos de manutenção de Sarmiento. Já partidários ao governo responsabilizam os empresários.

Em entrevista à rádio argentina, FM La Tribu, o repórter Facundo Acuña, da FM En Tránsito, que estava no local, faz um balanço das condições da linha Sarmiento, onde houve o acidente.

“Houve algumas mudanças superficiais, por exemplo, no serviço, na frequência dos trens e em como se viaja. Mas realmente não houve mudanças substanciais. Sim, houve alguns investimentos em alguns trens, em algumas estações ferroviárias, também nos trilhos dos trens. Mas, volto a dizer, não se nota uma grande mudança nos serviços.”

De São Paulo, da Radioagência NP, com informações do Opera Mundi, Vivian Fernandes.

13/06/13

Foto: Daniel Davobe/Télam