Skip to Content

Governantes recuam em reajuste, mas “máfias do transporte” permanecem

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11721 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

São Paulo e Rio de Janeiro revogam o aumento da tarifa do transporte público, além de outras cidades. A professora da USP, Marilena Chauí, defendeu na Rádio Brasil Atual a luta contra o oligopólio das empresas.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

protestotarifa(1’54” / 448 Kb) - Após intensas mobilizações contra o reajuste das tarifas do transporte público, em que participaram mais de 250 mil pessoas pelo país, São Paulo e Rio de Janeiro revogam o aumento. Com isso, as passagens de ônibus, metrô e trem da capital paulista saem de R$ 3,20 e voltam a R$ 3. No Rio, o preço de R$ 2,95 retorna a R$ 2,75.

A decisão foi anunciada pelos prefeitos de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e pelo governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), na quarta-feira (19). O governador carioca Sérgio Cabral (PMDB) informou em nota a anulação de reajuste em trens, barcas e metrô. Os governantes de São Paulo afirmaram que a redução nas passagens implicará em cortes no orçamento de outros setores.

Outros municípios também reduziram a tarifa, como Cuiabá (MT), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e Vitória (ES).

protestosp-ninjaEm entrevista à Rádio Brasil Atual, a filósofa e professora da USP, Marilena Chauí, comenta a precariedade dos trens, metrôs e ônibus de São Paulo. Ela defende as mobilizações pela redução da tarifa e diz que é preciso lutar contra o oligopólio das empresas de ônibus.

“No nível municipal, o transporte público está na mão de um oligopólio, são duas grandes empresas que têm praticamente o monopólio do transporte. São verdadeiras máfias – chegaram a assassinar sindicalistas -; os ônibus são velhos; a frota é defasada; e as linhas são absurdas, são linhas longas porque são elas que dão lucro. É preciso que o prefeito tome pé com relação a esses oligopólios dos empresários de ônibus.”

O Movimento Passe Livre (MPL), que deu início às manifestações em São Paulo, comemora a revogação do aumento e realiza um ato nas ruas nesta quinta-feira (20).

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

20/06/13

Foto: Mídia Ninja