Skip to Content

Eleição no Chile: ex-presidenta Bachelet mantém tendência de vitória

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Com mais de 1,5 milhão de votos nas primárias, ela se tornou a candidata oficial da coalizão Nova Maioria (antiga Concertação). A eleição presidencial chilena ocorre no próximo dia 17 de novembro.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

bachelet(1’32” / 359 Kb) - As eleições primárias realizadas no último domingo (30/06) no Chile, confirmaram a tendência de vitória da ex-presidenta Michelle Bachelet. Com mais de 1,5 milhão de votos, ela se tornou a candidata oficial da coalizão Nova Maioria (antiga Concertação) para as eleições do próximo dia 17 de novembro. Bachelet irá disputar a presidência com o conservador ex-ministro Pablo Longueira, apoiador do ex-ditador chileno Augusto Pinochet.

Considerando somente as primárias da oposição, Bachelet obteve 73% dos votos. No segundo lugar ficou o independente Andrés Velasco (ex- ministro de Economia) com 13%.

No quadro geral das eleições primárias -- ou seja, somando os votos de governistas e oposição --, a ex-presidenta aparece com 53%. O resultado demonstra a real possibilidade de que Bachelet vença as eleições no primeiro turno.

Pouco mais de três milhões de chilenos (o equivalente a 23% dos eleitores) votaram nas primárias, que escolheu os representantes dos dois conglomerados políticos mais importantes.

Após os resultados, Bachelet destacou que “essa vitória significa que chilenas e chilenos querem reformas sociais e políticas no país”.

Primeira mulher presidenta do Chile, a socialista Michelle Bachelet terminou seu mandato (2006-2010) com aprovação de 76%, e meses depois assumiu o cargo de secretária-geral da ONU Mulheres.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes; com reportagem de Victor Farinelli do Opera Mundi, em Santiago.

02/07/13

Foto: Agência Uno