Skip to Content

Pular café da manhã aumenta risco de infarto, mostra estudo

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Pessoas que não se alimentam nas primeiras horas do dia são até um quarto mais propensas a ter um ataque cardíaco. A pesquisa da Universidade de Harvard analisou a saúde de 26.902 homens de 45 a 82 anos

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

cafedamanha(1’26” / 336 Kb) - Pular o café da manhã pode aumentar o risco de ataque cardíaco, foi o que revelou um estudo da Universidade Harvard (EUA). Pessoas mais velhas que não se incomodam em comer depois de se levantar são até um quarto mais propensas a ter um ataque cardíaco ou morrer de doença coronária do que aqueles que tomam café da manhã.

De acordo com Leah Cahill, autora do estudo e pesquisadora da Escola de Saúde Pública da Universidade norte-americana, "pular o café da manhã pode levar a um ou mais fatores de risco, como obesidade, pressão arterial alta, colesterol alto e diabetes, que, por sua vez, podem levar - com o tempo - a um ataque cardíaco".

A pesquisa, que aconteceu entre 1992 e 2008, analisou a saúde de 26.902 homens de 45 a 82 anos. No total, 1.572 tiveram algum “evento cardíaco” pela primeira vez durante esse período.

Os homens que não comiam de manhã tinham um risco 27% maior de ataque cardíaco ou morte por doença coronária. Mesmo após a contabilização de diferenças modestas no estilo de vida, o vínculo persistiu.

No estudo, os homens que não tomavam café da manhã eram mais propensos a ser mais jovens, fumantes, empregados em tempo integral, solteiros, menos fisicamente ativos e a beber mais álcool.

De São Paulo, da Radioagência NP, com notícia do Opera Mundi, Vivian Fernandes.

25/07/13

Foto: Reprodução