Skip to Content

Brasil registra aumento de 47,5% no IDH por municípios, mas desigualdades persistem

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11813 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.

Entre os indicadores, a Educação foi o de maior destaque, com crescimento de 128,3%. Já a renda per capita aumentou em R$ 346 nos últimos 20 anos, mas mantém fortes desigualdades.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

ranking-idhm-2010-uf/Pnud(1’39” / 389 Kb) - Com alta de 47,5%, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil passou de 0,493, em 1991 (considerado muito baixo) para 0,727, em 2010. Os dados, divulgados na última segunda-feira (29), fazem parte do Atlas do Desenvolvimento Humano Brasil 2013.

O crescimento do índice nos últimos 20 anos, no entanto, não significou a melhora das condições de vida do país como um todo.

Para o cálculo do IDHM são considerados os critérios de expectativa de vida, educação e renda per capta. Quanto mais o índice se aproxima de 1, maior o IDH de um local.

Entre os indicadores analisados, a Educação foi o que apresentou mais destaque nos municípios brasileiros, com crescimento de 128,3%. Já a renda teve crescimento de R$ 346 nas duas últimas décadas (aumento de 14,2%).

A diferença entre o IDHM Renda per capita demonstra as contradições do país. Enquanto na cidade de São Caetano do Sul (SP) foi registrado rendimento médio de R$ 2.043,74, no município de Marajá do Sena (MA) a renda mensal por pessoa é de R$ 96,25.

O Brasil está na 85ª posição em um ranking composto por 187 países e territórios, e ainda registra taxa menor que a média das nações latino-americanas. O Chile, por exemplo, está em 40º lugar e a Argentina 45º.

De São Paulo, da Radioagência NP, Daniele Silveira.

30/07/13

Imagem: Ranking IDHM 2010, com subíndices de Longevidade, Educação e Renda, por unidades federativas / Pnud

Comentários