Skip to Content

Agricultores apresentam queixa-crime contra Eike Batista e Sérgio Cabral

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 11816 in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

O governador teria passado a receber "benesses" de Eike após decretos para desapropriação de área. A queixa-crime acusa Cabral, Eike e Luciano Coutinho – presidente do BNDES – por formação de quadrilha.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

portoacu(1’22” / 321 Kb) - O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o empresário Eike Batista são alvo de uma queixa-crime promovida pelos moradores do município de São João da Barra, no norte do Rio de Janeiro. As famílias tiveram suas terras desapropriadas para a construção do complexo do Porto do Açu.

A ação foi protocolada no sábado (27) e pede o afastamento de Cabral e do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. A alegação é de que o governador passou a receber "benesses" de Eike após a edição de decretos que viabilizaram a desapropriação da área. Entre os favores apontados, está o uso do jatinho do empresário para viagens de Cabral.

Já Coutinho, segundo os agricultores, estaria "alimentando a organização criminosa” por meio dos recursos do BNDES destinados a Eike. A queixa-crime acusa Cabral de peculato, Eike e Coutinho de gestão temerária, e os três por formação de quadrilha.

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, só 10% da área desapropriada para a construção do complexo do Porto do Açu está em obras. O projeto previa originalmente a instalação de siderúrgica, cimenteiras, termelétricas, polo metal-metânico e polo ferroviário, entre outras empresas.

De São Paulo, da Radioagência NP, com notícia do Brasil de Fato, Vivian Fernandes.

31/07/13

Foto: Reprodução