Skip to Content

Anvisa suspende venda de Ketchup contaminado com pelos de rato

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Lote do Ketchup da marca Heinz foi retirado de circulação depois de denúncia; caso foi confirmado após testes em laboratório. Distribuição e a comercialização do produto está proibida em todo o país.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

heinz-ketchup_foto-reproducao(1’07” / 266 Kb) - Pelos de ratos foram encontrados no lote 2k04 do Ketchup da marca Heinz. A distribuição e a comercialização do produto está proibida em todo o país. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a resolução no dia 20, no Diário Oficial da União.

O caso foi denunciado pela Associação de Consumidores Proteste, há seis meses, e confirmado após testes no Instituto Adolfo Lutz de Santo André (SP).

O lote, com vencimento previsto para janeiro de 2014, foi adquirido no Carrefour Taboão, da cidade paulista de São Bernardo do Campo. A decisão da Anvisa acompanha a medida anunciada na semana passada pela Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, que determinou a interdição do lote pelo mesmo motivo.

O molho de tomate foi fabricado no México e importado pela Coniexpress, localizada no município de Nerópolis (GO). Em nota, a Heinz Brasil afirmou que o lote não está mais em circulação.

Segundo a empresa, todos os produtos trazidos para o Brasil são produzidos de acordo com as normas sanitárias de seus países de origem, bem como normas internacionais.

De São Paulo, da Radioagência NP, Daniele Silveira.

21/08/13

*Com informações do Brasil de Fato

Foto: Reprodução