Skip to Content

Mandela deixa o hospital após quase três meses internado

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Líder foi o primeiro presidente negro da África do Sul, após vencer as primeiras eleições democráticas do país, em 1994. Essa foi a quarta internação hospitalar desde dezembro do ano passado

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’15” / 295 Kb) - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 95 anos, deixou neste domingo (01/09) o hospital de Pretória, onde estava internado desde o dia 8 de junho por conta de uma infecção pulmonar, segundo comunicado oficial da Presidência da África do Sul. 

"O estado de Mandela continua sendo crítico e, às vezes, é instável. No entanto, sua equipe médica está convencida de que receberá o mesmo nível de terapia intensiva em sua casa de Houghton [em Johanesburgo]", indicou o texto. De acordo com o documento, a casa de Mandela "foi modificada para que ele possa receber ali mesmo a terapia intensiva".

Neste sábado (31) vários meios da imprensa internacional divulgaram informações sobre a saída de Mandela do hospital, as quais eram negadas pela Presidência da África do Sul.

Essa foi a quarta internação hospitalar de Mandela desde dezembro do ano passado. Há mais de dois meses no hospital, seu estado havia piorado no último dia 23 de agosto.

Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul, após vencer as primeiras eleições democráticas do país, realizadas em abril de 1994.

De São Paulo, do Opera Mundi para a Radioagência NP.

02/09/13

Locução: Jorge Américo