Skip to Content

30 mil presos vivem sob tortura no Iraque

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1'12'' / 282 Kb) - A tortura é a prática mais comum utilizada para a formulação de provas contra presos no Iraque. A denúncia foi feita pela Anistia Internacional, que estima em cerca de 30 mil o número de pessoas presas sem julgamento. A organização responsabilizou soldados estudunidenses e forças de segurança iraquianas pos essas práticas abusivas.

Um relatório sobre prisões ilegais e tortura no Iraque, divulgado na segunda-feira (13), revelou que as violações de direitos humanas ocorrem de maneira sistemática. Também se tornaram comuns as prisões arbitrárias, sem direito à defesa. Os métodos de tortura mais utilizados são as descargas elétricas, tentativas de estupro, mutilações e golpes com tubos e cabos.

No final de agosto, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou a retirada total de suas tropas do Iraque até o final de 2011. A tutela de milhares de presos já foi transferida para o governo iraquiano.

O Iraque foi invadido em 2003, sob o comando do ex-presidente George W. Bush. A justificativa era a necessidade de eliminar um possível arsenal de armas de destruição em massa que jamais foi encontrado.

De São Paulo, da Radioagência NP, Jorge Américo.

14/09/10