Skip to Content

Mercosul: Direita mostra a cara

  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

Expulsão do Paraguai do bloco econômico e inclusão da Venezuela desataram polêmicas e reavivaram setores conservadores no continente.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

Por Cesar Sanson*

(2’23” / 559 Kb) - O Mercosul andava meio esquecido. Com o golpe no Paraguai ressurgiu. A expulsão, ao menos temporária do Paraguai, do bloco econômico e a inclusão da Venezuela desatou polêmicas e reavivou setores conservadores no continente, particularmente no Brasil.

O senador Álvaro Dias do PSDB andou se reunindo com ruralistas que patrocinaram o golpe no Paraguai e o golpista Federico Franco e anunciou que entrará na Justiça brasileira com uma ação contra a decisão do Mercosul de suspender o Paraguai e aceitar a entrada da Venezuela. O anúncio foi festejado pelas forças da direita no país vizinho.

Com os acontecimentos do Mercosul, o PSDB reafirma as suas posições conservadoras em matéria de política externa. Quem não lembra das afirmações belicosas emitidas pelo então candidato José Serra nas últimas eleições presidenciais? Na oportunidade Serra acusava o governo brasileiro de "corpo mole" e "cumplicidade" com o tráfico de cocaína na fronteira da Bolívia com o Brasil e também se referia a Chávez como uma ameaça à paz regional.

Quando a Bolívia anunciou a retomada do controle dos hidrocarbonetos no país e exigiu a revisão de contratos com a Petrobrás, o PSDB esteve entre as forças que pediu a cabeça de Evo Morales. O mesmo aconteceu com a discussão da revisão do Tratado de Itaipu.

Com o enfraquecimento do DEM, o PSDB vai assumindo a defesa dos interesses liberais, o que no caso, significa sempre pautar-se pelos interesses dos detentores do capital, como no caso do golpe no Paraguai em que não esconde a sua simpatia pelos grandes “sojeiros”.

* Cesar Sanson é professor de sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).