Skip to Content

Jornalista chileno defende autonomia do governo venezuelano no caso RCTV

  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

clique aqui para ouvir (1´42´´ / 402 Kb) - Enquanto diversos veículos de comunicação do mundo persistem em atacar a recente decisão do governo venezuelano em não renovar a licença da Rede RCTV venezuelana, o presidente do Colégio de Jornalistas do Chile, o jornalista Ernesto Carmona, “refrescou a memória” de diversos países que já tomaram a mesma atitude. Em artigo publicado na última semana - resultado de um estudo feito por ele - Carmona aponta, por exemplo, que a Administração Federal de Comunicações (FCC), órgão do governo dos Estados Unidos, fechou 141 concessionárias de rádio e TV entre os anos de 1934 e 1987.

Na Inglaterra, ele lembra que o governo Margareth Thatcher cancelou a concessão de uma das maiores estações de TV do país, que difundiu notícias desagradáveis, mas verdadeiras. O jornalista cita ainda o exemplo do Canadá que revogou em 1999 a concessão da Country Music Television, e da Espanha que em julho de 2004 revogou a concessão da TV Laciana (canal a cabo) e um ano depois determinou o fechamento da TV Católica. Na América Latina ele cita países como o Peru, onde no ano passado foram fechados dois canais de TV e três de rádio por não cumprimento da lei local.

Ernesto Carmona lembra ainda que a União Internacional de Telecomunicações (UIT) - órgão internacional de cooperação entre os países para o uso racional das telecomunicações - reconhece o direito soberano de cada Estado de regulamentar este serviço. A RCTV estava no ar há mais de 50 anos e já tinha sido punida várias vezes por veicular programação inadequada.

De Brasília, da Radioagência NP, Gisele Barbieri

05/06/07