Skip to Content

Em 4 meses, governo gasta R$ 19 bi a mais no pagamento da dívida do que em área social

  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 744.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 134.

(1´09´´/ 545Kb) - R$ 40 bilhões, esse é o valor que o governo brasileiro destinou para pagar as dívidas interna e externa do país de janeiro a abril deste ano, enquanto foram investidos apenas R$ 21 bilhões em áreas sociais como habitação, saneamento e reforma agrária. A informação é da Coordenação da Auditoria Cidadã, entidade que acompanha os números dos débitos do Brasil.

Ela destaca em seu boletim mensal que nunca se arrecadou tanto no país, mas esse recorde e o de superávit primário, têm como alvo o atendimento dos compromissos da dívida.

Segundo os números da Auditoria Cidadã, a maior parte do aumento da carga tributária foi garantida pelos tributos ao consumo, que são repassados automaticamente ao preço dos produtos, e pagos, no fim das contas, pelos consumidores. A conclusão é de que a dívida, além de prejudicar os brasileiros pelo lado do gasto público, faz o mesmo pelo lado da arrecadação.

É por isso que a entidade defende que seja instalada uma Comissão da Auditoria da Dívida composta por senadores e deputados. O requerimento para a instalação da Comissão, com a assinatura dos parlamentares, está em tramitação no Congresso.

De Brasília, Beatriz Pasqualino