Skip to Content

Haiti

  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_handler_argument::init() should be compatible with views_handler::init(&$view, $options) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_argument.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_handler_filter::options_validate() should be compatible with views_handler::options_validate($form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_filter.inc on line 607.
  • strict warning: Declaration of views_handler_filter::options_submit() should be compatible with views_handler::options_submit($form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/handlers/views_handler_filter.inc on line 607.
  • strict warning: Declaration of views_handler_filter_node_status::operator_form() should be compatible with views_handler_filter::operator_form(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/modules/node/views_handler_filter_node_status.inc on line 13.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_validate() should be compatible with views_plugin::options_validate(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.
  • strict warning: Declaration of views_plugin_row::options_submit() should be compatible with views_plugin::options_submit(&$form, &$form_state) in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_row.inc on line 0.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data_cpro6462/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.
  • Could not display the flash because sites/ranp/imagens/audio/270110forumsocial.mp3 does not appear to exist.
  • strict warning: Non-static method view::load() should not be called statically in /data_cpro6462/ranp/public_html/sites/all/modules/views/views.module on line 906.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1'27'' / 343 Kb) - Desta vez, há fortes indícios de que a morte de um adolescente de 16 anos tenha sido provocada por um soldado da Minustah. Diversas testemunhas procuraram a imprensa local para denunciar que viram um jovem ser torturado em praça pública

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1'38' / 387 Kb)  - O terremoto que atingiu o Haiti teve seu epicentro na capital Porto Príncipe, mas suas consequências afetaram todo o país. Estima-se que cerca de 1 milhão de pessoas migraram da capital para o campo.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(6'25'' / 1,47 Mb) - No Fórum Social Mundial (FSM), em Porto Alegre (RS), representantes da Via Campesina Brasil, que vivem há cerca de um ano no Haiti, formalizaram um pedido ao presidente Lula de solidariedade internacional à população do país. Uma carta foi entregue para solicitar ao governo brasileiro a articulação de ações emergenciais, como ajuda no acesso à água, assistência agrícola e aos recursos humanos.

Clique aqui para ouvir(1'49'' / 430 Kb) - O Haiti tem vivenciado intenso processe de mobilização popular. Em abril deste ano, foi aprovado o aumento de salário mínimo – os haitianos, que atualmente recebem o equivalente a R$ 3,50 por dia, passariam a receber R$ 10. Apesar de ter sido aprovada pelo Congresso Haitiano, o governo se recusou a promulgar a lei. Desde então, estudantes e trabalhadores protestam pela aprovação. A repressão é feita tanto pela Polícia quanto pela Missão de Paz das Nações Unidas para o Haiti (Minustah), liderada por tropas brasileiras.

Clique aqui para ouvir(1'15'' / 295 Kb) - Estudantes que protestavam, na última semana, pelo aumento do salário mínimo diário no Haiti sofreram repressão policial. A ação da Polícia haitiana contou com a ajuda das tropas da Organização das Nações Unidas (ONU), que são lideradas pelo Brasil. A Universidade do Estado, na capital do país, foi invadida. O uso excessivo de gás lacrimogêneo pela Polícia obrigou a evacuação dos pacientes do hospital universitário. Um estudante foi morto.

clique aqui para ouvir (1´27´´ / 342 Kb) - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu continuar com a Missão de Estabilização do Haiti (Minustah). A constatação do Conselho foi baseada em um relatório do secretário geral da Organização, Ban Ki-moon, que afirma que a operação está garantido a estabilidade e a segurança no país. Com a decisão divulgada nessa terça-feira (14), as tropas brasileiras - que integram a Missão - permanecerão no Haiti até 2009.

clique aqui para ouvir (1´17´´ / 306 Kb) - A tempestade tropical Hanna que atingiu o Haiti nessa semana, deixou aproximadamente 600 mil pessoas necessitando de auxílio humanitário. A constatação feita pela Organização das Nações Unidas (ONU) apontou que a cidade haitiana de Gonaives, no norte do país é uma das mais prejudicadas. Em Gonaives, mais de 70 mil pessoas estão em abrigos temporários. O nível das águas chega a três metros e muitas pessoas estão há dias em cima dos telhados de casas esperando por socorro.

O Ministério da Defesa está garantindo o abastecimento das tropas no Haiti porque se apóia no artigo 62 da Constituição.Clique aqui para ouvir (1'47'' / 442 kb) - Desde o início de suas ações em 2004, as tropas militares brasileiras que integram a Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) já custaram aos cofres públicos aproximadamente R$ 470 milhões. Para este ano, o orçamento previsto é de R$ 89 milhões. Juntos, esses valeres somam quase R$ 550 milhões, o que corresponde 60% do que o governo gastou no último ano com segurança pública. Deste total, a Organização das Nações Unidas (ONU) reembolsou para o Brasil apenas 31%.

Clique aqui para ouvir(1'50'' / 432 Kb) - Um dos objetivos da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) para os próximos cinco anos é aumentar o efetivo policial de oito mil para 14 mil homens no país. Este foi o anúncio feito pelo representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU) no Haiti, o tunisiano Hédi Annabi, em sua primeira visita oficial ao Brasil. Annabi, afirmou que “uma vez melhorada a situação de segurança, é hora de reconfigurar a Minustah”.

(1'46'' / 415 Kb) - Enviado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ao Haiti, o conselheiro efetivo da entidade no Rio de Janeiro, Aderson Bussinger, entregará nesta quinta-feira (6) um relatório com duras críticas à atuação naquele país da Missão de Estabilização da ONU, liderada pelo Brasil. Bussinger viajou em uma delegação de representantes de entidades da sociedade civil brasileira com objetivo de verificar as condições sociais e a relação das tropas com os haitianos.

Conteúdo sindicalizado